Home - Manuela Berbert
15339
home,paged,page-template,page-template-blog-large-image-whole-post,page-template-blog-large-image-whole-post-php,page,page-id-15339,paged-9,page-paged-9,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-2.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.7.4,vc_responsive


16 nov Claudia Leitte se apresenta pela primeira vez no Camarote SKOL, no Carnaval 2018

 

Dona do hit ‘Baldin de Gelo’, lançado em agosto deste ano, a cantora Claudia Leitte é a atração do Camarote Skol 2018, um dos espaços mais disputado do Circuito Barra-Ondina. A diva irá se apresentar no sábado (10) de Carnaval.

Além de Claudia Leitte, outras atrações irão animar o público do Camarote durante os cinco dias de folia. Este ano, o Camarote Skol funcionará de sexta a terça, das 18h às 05h e terá duas atrações por noite. A ideia é conectar pessoas em um ambiente divertido e democrático. O Camarote SKOL promete ser o point da galera que deseja curtir o Carnaval de Salvador sem preconceitos.

A banda Aviões do Forró e o cantor Tuca Fernandes abrem o primeiro dia do Camarote, sexta (09). No sábado (10) será a vez da cantora Claudia Leitte e da sambista Ju Moraes. No domingo (11), o público irá curtir o sertanejo do cantor Luan Santana e outra atração a confirmar.

Na segunda (12) terá o pagode da banda Harmonia do Samba e o forró do cantor Mano Walter. Na terça (13), os cantores Léo Santana e Dan Valente encerram a última noite da folia.

Localizado no Clube Espanhol, circuito Barra-Ondina, o camarote Skol possui uma excelente infraestrutura, espaço gourmet climatizado com restaurantes renomados e uma vista privilegiada para a Baía de Todos os Santos, além de um mirante  SuperView que garante uma excelente visibilidade do desfile dos trios.

15 nov O amor muda as pessoas

O amor nos molda. Pela profissão, pelo produto ou serviço que acabamos de descobrir, pelas pessoas e, claro, por nós mesmos. É o amor quem dita as regras do jogo da vida. Por mais focados que possamos estar nos problemas do dia a dia, a solução só é a melhor quando baseada no que pode fazer crescer, evoluir, movimentar. Para o alto e avante, sempre. Pelo menos é assim que acredito.

Todas as fases nos trazem lições e boas recordações. Quando perdi meu pai, e eu só tinha 13 anos, por mais dolorido que aquele momento pudesse estar sendo, eu pensava nas coisas que ele adiou fazer, achando possuir o dom do tempo, e me imaginei sendo exatamente o contrário. Lembro que passei meses com amargando a ideia de que a vida seguia e ele estava “trancado” no cemitério. Aquilo me doía um monte e reconheço, hoje, que foi à partir daí que nasceu essa pessoa com vontade de viver, passear, usufruir da vida o máximo que ela pode me ofertar.

O amor constrói degraus para nos fazer ir além dos muros, a gente é que complica um tanto, de vez em quando. Se eu focasse, por exemplo, nos defeitos do meu pai, talvez o meu caminho tivesse sido diferente do que é hoje. Acredito no poder de renascimento que os momentos difíceis tem, e na nossa capacidade interna de voar mais alto, quando puxados para o chão. Permitir-se observar, absorver,e alçar os voos necessários, sempre. O amor e a dor caminham, quase sempre, lado a lado. Qual delas você alimenta?

03 set Permita-se vibrar

Os tempos correm em ciclos. Um amontoado de acontecimentos que não escolhem o momento certo ou errado para acontecer. Chegam, batem na sua porta e adentram a sua rotina. O que fazer com eles é que é a grande sacada. Sentar e chorar? Lamentar? Encarar? É a dança da vida, e aqui pra nós, que perfeitinha que ela é!
Tenho um tesão imenso pelo futuro. Sede de dias diferentes e melhores. O mundo pode estar desabando sobre a minha cabeça, que eu estarei ali penteando os cabelos e repetindo o mantra visceral que me acompanha “Dias melhores virão!” E eles vêm! Acredite, eles chegam!
O Deus que criou isso tudo aqui foi maravilhoso em diversos detalhes, mas muito  sábio ao nos dar a oportunidade de contemplar os dias passarem. Dormir e acordar, acordar e adormecer. Eles irão passar de qualquer jeito, e se você souber usá-los a seu favor, melhor ainda. Tira o relógio da parede, abraça e baila pela sala. Deixa a melodia do tempo fazer um som bacana nos seus ouvidos. Permita-se vibrar!

wordpress theme powered by jazzsurf.com